escrita

Sem ar

Ouço-te respirar sofregamente, o ar não te chega, não tem lugar. Escondes a tua dor, e no silencio, o monstro cresce, sufoca-te devagar. Procuro o teu...

Continue reading...

Contraluz

Deixou-a a dormir e sentou-se novamente no sofá, encarando o mundo por uma nesga da janela. Era impressionante como a ausência de vida no interior de...

Continue reading...

Órla

A jovem mulher a quem Niall chamava esposa era uma criatura estranha, tão bela como triste.[…] Os seus olhos eram de uma tristeza assombrosa e de...

Continue reading...