Sou.

Sou um Homem

E não, não sou um género.

Sou uma criança

E não, não tenho a idade.

Sou um animal.

Sou uma fénix renascida das cinzas de uma Humanidade passada.

Sou parte do Cosmos, da Ciência, da Biologia e do desejo.

Sou única, própria, exclusiva.

Sou um nome, uma identidade escolhida.

Sou uma identificação, uma parábola.

Cresço. Sou Mulher. Sou Homem.

Sou um género associado a atributos físicos.

Falo. Tenho ódios.

Amo. Tenho sentimentos.

Mudo. Aprendo. Educo.

Educo-me. Falo. Escrevo.

Vejo e sou cega.

Crio. Contemplo.

Erro e aprendo errando.

Desculpo. Peço desculpas. Sou íntima com pessoas que não se despem.

Abraço a nudez de quem a minha abraça.

Tenho ideias. Exploro ideais.

Choro. Lamento.

Luto de pulsos e braços abertos.

Eu. Tu. Ela. Nós. Eles.

Um Mundo.

Direitos. Deveres.

Vivo. Nasço. Cresci. Morrerei.

Eu sou eu. Eu sou Humano.